13 de mai de 2011

O encontro

Eu já comentei aqui a discussão a respeito da permanência de Dudu na nossa casa. Decidimos que ele pertence a família e pronto...muitos bicos se formaram com a nossa decisão - e eu ia fazer o que com meu filhote cabeludo?! Tenha graça!

Pois é, tomamos algumas providências antes, durante as primeiras semanas e tomaremos depois, ou seja, 1 mes antes dela nascer restringimos a área de Dudu, assim como passamos a não deixá-lo subir na nossa cama. Quarto de Letícia era local proibido para ele.

Quando Letícia nasceu eu segui as orientações dadas por adestradores. Peguamos uma fralda que Letícia ficou usando no hospital e mandamos para casa. Ela foi posta na cama de Dudu, junto as coisas dele. Tem gente que acha que é balela, mas quando eu cheguei em casa e coloquei Letícia no berço fui logo dá um carinho para ele. Dudu cheirou minha mão, correu na cama dele e pegou a fralda - Ta vendo que ele entendeu bem o recado!!!

Pois bem, dentro do primeiro mês ele não entrou no quarto de Letícia, a partir de agora ele poderá conhecer algumas coisa mais de perto, mas tb não posso deixar ele armar barraca lá, pq ele solta muito pelo. 

Dudu não estranhou Letícia em momento algum. Ficou super quieto, e pelo contrário, fica de olho em todo mundo que entra no quarto dela...já ta defendendo ela, entendeu que é da família. Quando ela chora muito ele vem me olhar com as orelhas baixas com cara de quem diz - ajuda ela, o que ela tem? - é lindo

Com 30 dias o encontro - eu estava super ansiosa. Registrei para mostrar a todos...depois é só ir vencendo as barreiras aos pouco e tudo será só alegria.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá também gostar de: