24 de mar de 2011

Consulta com a equipe de anestesista


Finalmente chegou a hora de conhecer o anestesista que irá me acompanhar no parto. Como se sabe, há pelo menos tres tipos de anestesia utilizada para parto, dependendo da modalidade escolhida.

Para parto normal costumam usar a perindural ou a combinada, a dosagem de anestésico é maior e é administrada por meio de um cateter pelo tempo que for necessário. 

Parto cesário a prache é usar a anestesia raquidiana (ou ráqui), sua dosagem é menor e tem efeito quase que imediato e sua duração é limitada.

No meu caso, como escolhi parto cesariano, será aplicada a ráqui, então fui correndo me informa tanto quanto possível e descobri que muita gente reclama de dores de cabeça, tem um prazo de horas que a paciente tem que ficar deitada sem mover-se.... blá blá blá blá blá.

Fui a consulta com o anestesista cheia de dúvidas e com um certo medo - aff como sou medrosa - mas tive uma boa impressão e saí aliviada. A ráqui terá efeito rápido, não preciso me preocupar em ficar imóvel, a médica disse que o ato de se mover não tem relação com possíveis dores de cabeça. O fato é que 5% das pessoas que se submetem a anestesia raquidiana podem apresentar dores de cabeça 3 dias após a sua aplicação, e esta pode perdurar entre 3 a 7 dias.

Enfim, poderei segurar minha linda nos braços assim que ela chegar ao nosso quarto, ficarei em silêncio para evitar sofrer com gases - conselho de mãe, sogra, cunhadas e a torcida do flamengo -  e já to pedindo desde já a Deus que não permita que eu não faça parte dos 5% que tem a tal dor de cabeça, mas também se tiver, poderei me medicar e fim de papo.

Só falta agora a ultima ultrasson e marcarmos a data do parto, então até breve o/




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá também gostar de: