8 de nov de 2011

Viajando com um bebê

Daqui para frente teremos muitas aventuras, até porque qualquer viagem com um bebê é uma aventura!
Fiz logo minha tarefa de casa e fui atrás de todas as dicas para ter uma viagem tranquila.
Resumo da ópera: Letícia ganhou presentinho, ficou toda animada no carro, comeu e dormiu nos devidos horários, fizemos as pausas necessárias e chegamos ao nosso destino satisfeitos e felizes.
Agora há um detalhe que os jovens casais ou não sabem ou nunca observam até ter um bebê por perto.

  1. Precisamos de quase um ônibus para carregar tanta tralha. Nossa mala foi apenas uma, mas as de Lelê, benza Deus.Além de roupas para todos os climas possíveis, vão as mamadeiras, papinhas, leite, brinquedos, berço, bóias, banheira,.....etc. É uma ruma de coisa sem fim
  2. A praia começa com o cantar dos galos (8h) e termina cedíssimo no máximo às 10h
  3. Não tem essa de encher a barriga com petiscos e jogar a refeição pra mais tarde.Com um bebê a tira colo tudo tem seu devido horário e com Letícia se isso não for lembrado a casa cai!
  4. Temos hora para dormir. Letícia é uma menina que sabe o que quer e quando se aproxima das 20h ela quer seu banho, leite e principalmente berço. Não adianta balançar, cantar, pular, jogar ela pro alto, quer berço e fim de papo
Enfim, com as devidas adaptações e respeitando os limites tivemos a viagem mais maravilhosa de todos os tempos.













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá também gostar de: