16 de jun de 2011

Superação

Pois é, descobrimos que Letícia está com refluxo e tudo mudou de figura.

As primeiras semanas com Letícia em casa foi adaptação total. Dar de mamar, jorrar leite e viver suja, acordar várias vezes à noite, banho, troca de fraldas, banho de sol e ainda muita cautela por conta do resguardo.

Quando pensei ter pego o embalo da vida - nova vida - vieram as cólicas. Me senti incapaz, tive raiva, dó da minha filha, me desesperei. Fui a médica, conversei com outras mães, pesquisei na net e a única informação recebida foi: Calma, é fase e passa!

O primeiro mês passou e as promessas de que Letícia mudaria se cumpriram, contudo ela passou a ser mais chorona, irritada. Era tanto choro, dia e noite, que só podia ter algo de errado - troca de médico, leva para consulta, resultado: cólicas + refluxo.

Eu não consigo entender nem aceitar como uma criatura tão pequena e indefesa tenha que passar por tanta coisa ruim. Orei muito, mas muito mesmo e desejei ardentemente sofrer no lugar de Letícia, mas não há jeito, ela é nova e seu corpo imaturo, então o sofrer sobrou para ela.

Sofremos juntos, Letícia, Wesley, eu e toda a família, seu choro me rasgou o coração durante dias - fiquei um caco (segundo o médico ela não ganhou mais peso porque chorar queima calorias...minha filha ganhou no 1º mês 1,500kg e agora no 2º apenas 500g, eu acho que se não fosse o choro teria no mínimo ganho 800g)

Enfim, Letícia já tem mais de 2 meses, o tratamento para refluxo tem dado resultado, ela não tem mais crises de choro e eu tenho recuperado a alegria junto com todos.

Pouco a pouco ela tem se parecido com a criança que sonhei - isso porque quando estamos grávidas sonhamos com nosso filho com detalhes - lógico que meu sonho tem muito romantismo e idealismo, mas me refiro a Letícia ser uma criança feliz. O choro deu lugar ao riso e a irritação perdeu força para à disposição para brincar.

Continuamos contando os dias na esperança de não ter mais cólicas e quanto ao refluxo estamos tratando direitinho.

Em breve ela estará interagindo com todos, nos surpreendendo com seu desenvolvimento e estes dias ficarão enterrados com outras experiências tristes que todos teem na vida. Lembraremos sim das noites de sono tranquilo, dos sorrisos, banhos felizes, do braço gostoso, nos alegraremos e sentiremos muitas saudades.

Letícia, minha filha, te amamos com amor eterno!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá também gostar de: