8 de mar de 2011

Amar



Muitas são as formas de amor, amor de amigo, amor de filho, amor de companheiro, amor erótico, amor singelo, amor sincero, e tem inclusive o amor destrutivo, mas definitivamente somos criados para amar.

Em minhas leituras, seja dos atos das pessoas como também alguns artigos acerca da educação das crianças ouve-se muito falar que o excesso de amor acarreta inúmeros prejuízos a criança. Será mesmo? Como é que eu posso aceitar o fato de que amar minha filha poderá trazer mal para ela?

Eu nunca me senti desnorteada por ser amada, muito pelo contrário, nos sentimos mais seguros de nós mesmos e do outro, temos confiança para tentar novidades e somos felizes.

Ao ler um artigo da Crescer que tem por título "Amar demais não faz mal" finalmente encontrei as respostas que queria. AME SEU FILHO ATÉ A ULTIMA GOTA DE SUOR, LÁGRIMA E FORÇA, POIS AMAR DEMAIS NÃO O FARÁ MAL!

Amar não é admitir que seu filho pense e faça o que pensa, pelo contrário, é orientá-lo a tomar as escolhas adequadas. Este trabalho não é fácil, é desafiador, principalmente para uma mãe de primeira viagem como  eu, mas não podemos deixar de enfrentar estas informações e aplicá-las na nossa vida.

Filhos precisam de limites, hábitos, rotina, atividades e somado a tudo isso precisa de sua presença, sua disponibilidade de tempo, atenção, carinho e Amor!

O problema não estar em amar demais, mas em não amar... a sabedoria bíblica nos diz que "quem ama exorta, educa", sim, se eu amo eu defino as coisas, dou os limites, oriento, reclamo, dou beijo, agarro, digo eu te amo filha todos os dias (mesmo dentro da barriga, imagina quando nos braços), e quando ela estiver maior farei o que faço com meu marido, te amo para sempre, até o infinito!, deixarei recados, farei surpresas, me importarei com seus medos, sentimentos, a apoiarei.

É a falta de amor que repercute em tantos problemas entre pais e filhos, a falta de relacionamento. O amor se esfriou!

Ame muito seu filho, pois amar demais não faz mal!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá também gostar de: