19 de fev de 2011

A maravilha do ventre livre!



Quase que regra entre as grávidas é a famosa prisão de ventre, mas será mesmo que temos de sofrer com isso? DIGA NÃO PARA VOCÊ MESMA AGORA! VAMOS LÁ, DIGA NÃO. 

Pois é, a prisão de ventre não é regra para nós grávidas, de acordo com alguns estudos cerca de 40% das gestantes tem prisão de ventre, por isso você e nem ninguém é obrigada a enfrentar este caos, basta apenas conhecer seu intestino e tomar as providências alimentares e médicas necessárias. 

A constipação em gestantes ocorre por causa da alta de alguns hormônios – exemplo a progesterona – que acarreta em um intestino lento, como também a ingestão de vitaminas que nos são recomendadas o que pode agravar a situação 

Então nos questionamos, quais são as causas da prisão de ventre: 

1. Falta de fibras na alimentação 

2. Falta de ingestão habitual de frutas e verduras 

3. Pouca ingestão de água diariamente 

4. Falta de exercícios físicos 

5. Gravidez, Estresse e Ansiedade 

6. Fisiológicas e genéticas 


Sendo assim abuse de ingestão de água, líquidos em geral. Até antes de engravidar eu tinha um grande problema que era a ingestão de água, eu simplesmente me esquecia de beber, ficava cercada com meus afazeres e passava praticamente o dia com apenas 2 ou 3 copos com água, mas decidi que isso ia mudar e eu não ia me dar ao luxo de ter dois problemas durante a gravidez, prisão de ventre e incontinência urinária, longe de mim! 

Além da água coma frutas e acrescente a linhaça ao seu cardápio, pois sabe-se que os seus benefícios são inúmeros, não só a digestão como ao controle de taxas, a pele, o cabelo ..., faça exercícios, tome as decisões que só cabe a você e o retorno será satisfatório. 

Durante toda a minha gravidez não tive problemas, passei a me policiar quanto a água, ando sempre com uma garrafa do lado, só bebo sucos, nada de refrigerantes que também não fazem bem ao bebê (escapo da regra apenas 1 vez por semana), todo dia alterno entre comer mamão ou tomar um suco poderoso de ameixa preta, fora a minha paixão por frutas, ai eu abuso mesmo, por isso eu bendigo a maravilha do ventre livre.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você poderá também gostar de: